Setor Bolsa Família de Santa Brígida teve desempenho significativo em 2016 confira os dados

Setor Bolsa Família de Santa Brígida teve desempenho significativo em 2016 confira os dados

Disponível em: http://www.mds.gov.br/bolsafamilia

Gestão dos benefícios

Em seu município, há 2.609 famílias beneficiárias do Bolsa Família. A cobertura do programa é de 86,13% em relação à estimativa de pobreza do município. Essa estimativa é calculada com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O município está próximo da meta de atendimento do programa. Periodicamente, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) convoca as famílias beneficiárias do PBF para atualizarem seus cadastros nos processos de Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral.
Na Revisão Cadastral são convocadas as famílias que estão sem atualizar o cadastro há mais de 24 meses. No seu município, das 63 famílias convocadas em fevereiro de 2017, 18 ainda não atualizaram o cadastro e podem ter o benefício cancelado caso não cumpram o prazo para a atualização. Essas famílias representam 0,69% do total de beneficiários do programa no município.

Na Averiguação Cadastral, são convocadas as famílias identificadas com informações divergentes entre o Cadastro Único e outras bases de dados do governo federal. No seu município, das 283 famílias convocadas em fevereiro de 2017, 25 ainda não atualizaram o cadastro e podem ter o benefício cancelado caso não cumpram o prazo para a atualização. Essas famílias representam 0,96% do total de beneficiários do programa no município.

CONDICIONALIDADES

Educação

No seu município, 2.756 crianças e jovens de 6 a 17 anos do Bolsa Família precisavam ter a frequência escolar acompanhada no último bimestre. Dessas, foram acompanhadas 2.514. Portanto, 91,22% das crianças e jovens de 6 a 17 anos do Bolsa Família tiveram a informação de frequência escolar registrada nesse período. A média nacional é de 92,57% de acompanhamento na educação.

Saúde

Na área da Saúde, 2.142 famílias foram acompanhadas no último semestre. As famílias que devem ser acompanhadas na saúde são aquelas que possuem crianças de até 7 anos e/ou mulheres gestantes. O município conseguiu acompanhar 1.967 famílias, o que corresponde a um acompanhamento de 91,83%. A média nacional de acompanhamento na saúde é de 78,25%.

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

O município já vem realizando as atividades de cadastramento e possui:
3.859 famílias inseridas no Cadastro Único;
3.279 famílias com o cadastro atualizado nos últimos dois anos;
3.508 famílias com renda até ½ salário mínimo; e
2.991 famílias com renda até ½ salário mínimo com o cadastro atualizado.
A Taxa de Atualização Cadastral (TAC) do município é de 85,26%, enquanto que a média nacional encontra-se em 70,26%.
Isso significa que o cadastro no seu município está bem focalizado e atualizado, ou seja, a maioria das famílias cadastradas pertence ao público alvo.

Índice de Gestão Descentralizada

Os repasses desses recursos são realizados pelo Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) para o Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) do seu município. O último repasse foi de R$ 9.115,72, com base no índice 0.88 do IGD-M referente ao mês de dezembro de 2016. Se o IGD-M do município alcançasse o máximo, ou seja, fosse igual a 1 (um), o município receberia R$ 10.828,68 mensalmente.

Anteriores

1 até 10 de 109   Próximo »   Último »