Nota do Ideb de Santa Brígida fica acima da meta projetada

Nota do Ideb de Santa Brígida fica acima da meta projetada

ASCOM/PMSB


A nota do Índice de Desenvolvimento Nacional da Educação Básica (Ideb) de Santa Brígida, mais uma vez é um orgulho para a população. Alcançando a pontuação de 5,1, o município ultrapassou a meta estipulada, que era de 4,0, mostrando que os investimentos da gestão municipal na Educação estão no caminho certo.

O índice alcançado de 5,1 estava previsto para o ano de 2021, mas o município conquistou com uma antecedência de quatro anos. Para o prefeito Carlos Clériston, popularmente conhecido como Gordo de Raimundo, a nota é reflexo do compromisso com a educação. "Estamos muito felizes em alcançar este índice do Ideb porque, diante de todas as dificuldades que enfrentamos, conseguimos ultrapassar a meta projetada. Somos um município cravado no sertão baiano, com boa parte da nossa população localizada na área rural, e mesmo assim os índices superaram as nossas expectativas. Isso é fruto do papel desempenhado por nossos profissionais, alunos, professores e todos que fazem parte das unidades escolares, que estão de parabéns pelo serviço prestado. Esse é o reflexo de um trabalho sério, mostrando que o município tem compromisso com a parte principal de uma gestão, que é a educação, pilar de uma administração compromissada. Entendemos que sem investir nesta área não temos como ir adiante", falou o prefeito.

Esta é a quarta vez que Santa Brígida ultrapassa a meta estabelecida pelo Ideb, números conquistados durante os dois mandatos de Gordo de Raimundo à frente da Prefeitura.

Ideb é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

O Ideb funciona como um indicador nacional que possibilita o monitoramento da qualidade da Educação pela população por meio de dados concretos, com o qual a sociedade pode se mobilizar em busca de melhorias. Para tanto, o Ideb é calculado a partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), para os estados e o País, realizados a cada dois anos. As metas estabelecidas pelo Ideb são diferenciadas para cada escola e rede de ensino, com o objetivo único de alcançar 6 pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos.

 

Anteriores

1 até 10 de 110   Próximo »   Último »