Um dos maiores atos religiosos da história de Santa Brígida, a celebração da missa em memória ao 54 anos de saudades do Beato Pedro Batista

Um dos maiores atos religiosos da história de Santa Brígida, a celebração da missa em memória ao 54 anos de saudades do Beato Pedro Batista

ASCOM/PMSB



A Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou na última quinta-feira (11) com o apoio da Paróquia de Santa Brígida, um dos maiores cultos religiosos da história de Santa Brígida. A celebração da missa em memória ao 54 anos de saudades do beato Pedro Batista, homem de fé que deixou sua história marcada, e que carrega até hoje centenas de devotos.

No evento ocorreu um dia de orações, acolhida aos romeiros que vieram e puderam visitar o túmulo do beato e também agradecer frente a estátua que fica na praça a qual leva o seu nome, contando também com as apresentações dos grupos culturais.

Seguindo os protocolos do Ministério da Saúde, o evento aconteceu de forma remota, havendo apresentações dos grupos: São Gonçalo Pernambucano, Guerreiros de São Jorge, Maneiro Pau, São Gonçalo Alagoano, Banda de Pífano e índios Pankararu. Esse evento, nos traz a recordação que no dia 11 de Novembro de 1967, era sepultado no cemitério São Pedro em Santa Brígida, o Sr. Pedro Batista da Silva, querido e saudoso beato, o "Conselheiro que deu certo", como já foi chamado, e conhecido por ensinar a amar colocando a chama ardente da fé em todos que o cercavam, uma pessoa de Deus que clamava o bem e expulsava o mal.

O ponto alto do dia, foi a missa solene que ocorreu em frente a estátua do Beato e foi presidida por Padre Gilmar que lembrou a trajetória de um povo movido pela fé. O encerramento ficou com artistas da terra que prestaram sua homenagem com música religiosa.

 

Anteriores

1 até 10 de 116   Próximo »   Último »